quinta-feira, 2 de novembro de 2006

Do Blogue do Não

Dia 1 - O espermatozóide fecundou o óvulo: surgiu uma nova vida humana. Os quarenta e seis cromossomas do zigoto conferem-lhe uma identidade genética única e irrepetível. Nesta célula única, o zigoto, estão já determinadas características como o sexo, a cor dos olhos e do cabelo, a estatura, até o potencial de inteligência e em certa medida a base da personalidade...

Semana 3 – O coração começou a bater. O embrião tem 3mm. O seu sistema nervoso e os seus órgãos principais começam a tomar forma. O coração já bate e nos seus vasos circula sangue diferente do da mãe.

4ª semana- Já é 10 mil vezes maior do que no seu início...
Formam-se os brotos dos membros superiores e inferiores; surge a abertura da boca; começam a formar-se o olho e o ouvido interno, os aparelhos digestivo e respiratório e os nervos motores.

Semana 5– O bebé já se movimenta.
São visíveis traços faciais, incluindo a boca e a língua. Os olhos têm já retina e cristalino. O principal sistema muscular desenvolve-se. Mãos e pés tornam-se aparentes.

Semana 6– Podem detectar-se ondas cerebrais num EEG
Tem 12 a 15 mm. Aparecem as pálpebras, distinguem-se as saliências auriculares, o lábio superior, a ponta do nariz...O esqueleto de cartilagens está totalmente formado. A criança nada e move-se graciosamente. Os braços e as pernas aumentaram de comprimento e começam a desenhar-se os dedos.

7ª semana- Tem receptores da dor. Mexe-se e reage quando lhe tocam na boca. Tem cerca de 1,8 cm e pesa menos de 1 g. Tem tiróide, glândulas salivares, brônquios, pâncreas, canais biliares, ânus. Começam a formar-se os dentes de "leite", os testículos e ovários. O esqueleto começa a calcificar-se. A parte do cérebro que controla as funções vitais desenvolve-se.

Semana 8- Os primórdios dos principais órgãos estão já formados. Acabou o período embrionário. Tem músculos nos membros, no tronco e na face, tem orelhas, dedos nas mãos e nos pés. Responde a estímulos: abre a boca; se lhe puserem uma coisa na mão já a agarra (possui o reflexo da preensão); flecte os dedos dos pés; tem movimentos espontâneos. As principais estruturas do sistema nervoso central estão formadas e os neurónios começam a migrar para o córtex cerebral.

9ª semana - Já consegue chuchar no dedo... Tem 5 cm e pesa menos de 8 g. Engole, mexe a língua, chucha no dedo.

10ª semana- Já tem as mesmas impressões digitais que terá durante toda a sua vida. Tem 6 cm e pesa cerca de 14 g. Começam a formar-se as unhas das mãos e os dentes definitivos.Produz insulina e bílis. O bebé tem pestanas, abre e fecha os olhos, as cordas vocais formam-se na laringe e o bebé pode fazer sons. Os ossos crescem mas a coluna e as costelas são ainda moles. O registo da actividade cerebral (EEG) torna-se mais consistente.

Consultores:
Drª Henriqueta Coimbra da Silva, Dr. João Paulo Malta e Dr. Vitor Neto

3 comentários:

Mac Adriano disse...

Alguma vez teríamos que estar em desacordo. Eu voto sim porque, independentemente de ser ou não uma vida humana, em muitos casos a criança não terá uma vida minimamente digna, sofrerá muito mais se, efectivamente, nascer. Quando vejo crianças a ser maltratadas e a passar fome, não posso deixar de pensar que mais valia as suas mães terem abortado. E voto sim (já votei no referendo anterior) porque ninguém vai acabar com o aborto por decreto. Se assim é, prefiro que se dê condições a quem o deseja fazer, independentemente da classe social a que pertence (porque as classes sociais mais favorecidas nunca serão impedidas de o fazer no estrangeiro).

Cingab disse...

@Mac,
não estaremos em total desacordo, no que diz respeito ao referendo... Eu não voto!

sancademironhes disse...

Eu voto, declaradamente: Não.
@macadriano!
Quando vejo crianças a ser maltratadas e a passar fome, não posso deixar de pensar que mais valia as suas mães terem abortado.(porque as classes sociais mais favorecidas nunca serão impedidas de o fazer no estrangeiro).
- Vai-me desculpar, acha isso justo!... gostava que os seus papás lhe tivessem enfiado a cabeça no penico após nascer?!... Afinal eles não sabiam, se iam ter condições toda a vida para o não deixar passar fome e ou maltratar!... A vida dá muitas voltas amigo!...
De qq forma respeito a sua ideia....
Cumprimentos