sexta-feira, 12 de outubro de 2007

O País Socrático

Interrompo a minha licença sabática, por causa dos acontecimentos de ontem entre José Sócrates, os sindicatos de professores e a GNR!...
Há pessoas que não se importam nada com isso, até sorriem cinicamente para o seu íntimo, mas, mandar recolher cartazes de protesto e identificar os protestantes parece-me ser demasiadamente... Como hei-de dizer sem correr o risco de ser identificado... Bem, demasiadamente de outros tempos!...
Eu até nem nunca fui muito à bola com sindicatos, servem os interesses dos partidos de esquerda, que é como quem diz, dos “vermelhuscos”... Mas, estas situações repetem-se não vislumbro onde poderá parar!... A própria população, já baixou os braços...

Os sindicatos dos professores não são os professores... Claro!... Essa táctica, bem usada pelo governo socrático, mirra toda e qualquer luta de qualquer sindicato... Depois acrescentam, cínicos e “gozões”, há professores que concordam connosco... Seria interessante apresentarem
alguns!... Mas desse problema eles ainda não sofrem!... Ainda vou ver uma manifestação de professores pró governo PS e aí estaremos muito perto das manifestações pró junta militar da Birmânia...

De salientar também as excelentes televisões que temos... Essa situação no tempo de Santana Lopes era um fim de mundo em cuecas!...
Como diria um colega meu, os professores estão a sofrer em dobro os benefícios de anos!... Aguentem-se, em nome da democracia!...

1 comentário:

Mac Adriano disse...

Agora é que tocaste no ponto. E sou o mais insuspeito para o dizer, uma vez que nunca votei PSD, tendo votado variadíssimas vezes no PS: o Santana Lopes foi posto a andar sem ter feito um décimo dos disparates que a quadrilha de Sócrates já fez.

P.S.: A bem da minha reputação, acho conveniente dizer que nunca votei na besta do momento. Votei PS quando a sigla queria dizer Partido SOCIALISTA e não Partido do Sócrates.